Estabeleça seus objetivos.

 

Mas não esqueça que para atingi-los sem sofrer surpresas desagradáveis, é preciso planejar, organizar e controlar o orçamento doméstico.

 

O planejamento pessoal consiste em equilibrar receitas (ganhos) e despesas (gastos) além de garantir uma reserva para eventuais emergências.

 

Planejando e cumprindo o orçado você conseguirá:

 

  • Organizar melhor o futuro de toda a família.
  • Ter uma visão geral do uso de sua renda familiar, equilibrando ganhos e despesas e investimentos.

 

Não deixe do honrar os compromissos assumidos. Se alguma situação nova deixar sua família em dificuldades na hora de honrar com os compromissos, adiante-se:

 

  • Reveja seu orçamento;
  • Antecipe-se, vá ao credor e renegocie sua dívida.

 

Acima de tudo lembre-se: De nada adianta planejar e orçar se você não cumprir as metas estabelecidas.

 

Sugestões para apurar receitas e despesas:

 

  • Junte seus documentos do último mês;
  • Receitas » Renda Familiar: Salário (soma de toda a família) + Ganhos extras (bicos, pensão, etc.);
  • Despesas » Despesas Variáveis: Contas (água, luz, telefone, gás) + Alimentação (Supermercado, feira, açougue) + Serviços domésticos (consertos e outros) + Lazer (cinema, teatro, passeios, etc.);
  • Despesas Fixas: Aluguel ou Financiamento de casa própria + Prestações (carro, seguros, escola, plano de saúde);
  • Despesas Eventuais: Imposto + Matrícula de escola + Outros.

Receitas – Despesas = Saldo

 

Se o saldo for positivo você pode fazer reserva para realizar sonhos e novos objetivos.

 

Se o saldo for negativo, reduza imediatamente suas despesas e procure renegociar suas dívidas com seus credores. Assim você evitará se tornar um inadimplente.

Algo deu errado

 

Mesmo um bom planejamento pode ter problemas. Perda de emprego, doença, ou outra nova situação pode te levar a perder o controle de seu planejamento.

Se isto ocorrer, não se desespere. Procure quem possa te orientar.

 

Considere sempre:

 

  • Procure não utilizar o limite de seu cheque especial. As taxas são muito altas;
  • Na hora de comprar pesquise preços e taxas praticadas;
  • Envolva no orçamento doméstico todas as pessoas da casa. O orçamento só dará certo se todas as pessoas estiverem comprometidas.

 

Evite compras por impulso. Elas sempre acabam por consumir o dinheiro de outras necessidades e planos.